- Publicidade -

Liberado homem preso por incentivar a morte da esposa

- Publicidade -

Um homem de 30 anos foi preso pela Polícia Militar após fornecer faca e incentivar a esposa a se matar, em Uberaba (MG). A vítima, socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel com cortes na cabeça e encaminhada a um pronto socorro, não corre risco de vida.

- Publicidade -

Segundo o registro da Polícia Militar, o suspeito informou que a discussão começou através da esposa, que agressivamente o cobrava por conta de uma traição. A vítima então disse que iria se matar, e o suspeito entregou a faca insistindo na decisão da esposa.

A vítima então foi para a rua e começou a se cortar quando o marido desferiu um golpe em seu pescoço. De acordo com a polícia, o homem foi detido por um guarda municipal que estava de folga, até a chegada da PM ao local.

A vítima aguardava o socorro do SAMU na casa de uma vizinha. Consciente e orientada, contou que foi instigada por ele a cometer o suicídio após a entrega da faca, sendo pressionada a se matar e, diante desse cenário, começou a se auto lesionar, sendo contida e socorrida por vizinhas.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil de Uberaba, onde foi ouvido e liberado.

- Publicidade -

- Publicidade -

A PCMG informou que instaurou uma investigação para apurar o possível crime de induzimento, instigação ou auxílio a suicídio ou automutilação, previsto no art. 122 do Decreto – Lei 2848/40 (Código Penal).

Segundo o artigo 122 do Código Penal, quem induzir ou instar alguém ao suicídio ou automutilação ou prestar material de auxilio pode sofrer pena de reclusão de seis meses a dois anos. Entretanto, se da automutilação ou tentativa de suicídio resultar em lesão corporal grave ou gravíssima, a pena de reclusão é de um a três anos.

 

Leia também

STJ: cabe ao júri decidir se o ciúme pode qualificar o crime de homicídio


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais