- Publicidade -

STJ: liminar em Revisão Criminal exige que a ofensa seja aberrante, cristalina

- Publicidade -

A Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que, para conceder liminar em Revisão Criminal com base em violação a texto expresso da lei, é preciso que a ofensa seja aberrante, cristalina, em decorrência do necessário respeito à segurança jurídica. Portanto, se trata de medida excepcional.

- Publicidade -

A decisão (AgRg na RvCr 5.560/DF) teve como relator o ministro Felix Fischer.

É preciso que a ofensa seja aberrante

AGRAVO REGIMENTAL. REVISÃO CRIMINAL. PRETENSÃO LIMINAR. AUSÊNCIA DOS REQUISITOS LEGAIS. PLAUSIBILIDADE NÃO CONFIGURADA.

I – A liminar em Revisão Criminal com base em violação a texto expresso de lei constitui medida excepcional, somente se justificando quando a ofensa se mostre aberrante, cristalina, em respeito à segurança jurídica decorrente da coisa julgada.

- Publicidade -

II – In casu, ausente a plausibilidade jurídica do alegado, na medida em que o acolhimento da pretensão revisional demandaria incursão nas provas dos autos.

- Publicidade -

III – Por fim, a negativa da liminar requerida foi devidamente fundamentada, não se mostrando cabível, neste momento, a avaliação aprofundada dos temas suscitados pelo agravante, uma vez que demandaria análise meritória, o que será feito, no momento oportuno quando do julgamento da Revisão Criminal.

Agravo regimental desprovido.

(AgRg na RvCr 5.560/DF, Rel. Ministro FELIX FISCHER, TERCEIRA SEÇÃO, julgado em 24/02/2021, DJe 02/03/2021)
Leia mais:

Entenda como identificar uma prisão ilegal e como agir diante disso


- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais