ArtigosCriminal Profiling

Matador de aluguel e as peculiaridades do perfil criminal

matador de aluguel

Matador de aluguel e as peculiaridades do perfil criminal

Como já estabelecido anteriormente, o perfil criminal visa descobrir quem foi o indivíduo que cometeu um determinado crime através da coleta de informações, análise de cena de crime e outros fatores que demonstram padrões comportamentais para facilitar a identificação do criminoso.

Além disso, existem crimes específicos que são mais utilizados pelos profilers e entre eles estão os serial killers. Contudo, existe uma categoria de assassinos em série que não se enquadram completamente nas características definidas para classificar esse tipo de assassino pelos profilers, que são os matadores de aluguel.

Matador de aluguel (ou pistoleiro) é o indivíduo contratado pelo chamado mandante para matar uma terceira pessoa. Esse matador recebe algum tipo de recompensa ou pagamento para matar alguém sem ter uma motivação emocional e nesse ponto cria dificuldades para o profiler, pois uma das análises do profissional que faz o perfil criminal é entender a motivação do assassino e as características da vítima para encontrar padrões entre eles.

Existe uma controvérsia em relação ao matador de aluguel como assassino em série, tendo em vista a sua motivação pecuniária e não emocional, como é o caso de serial killers famosos como Ted Bundy e Jeffrey Dahmer, mas do ponto de vista puramente quantitativo, se ele matar três ou mais pessoas, seria considerado assassino em série.

E também os matadores de aluguel podem ser analisados como profissionais e ocasionais. Os profissionais são aqueles que veem o ato de matar pessoas por dinheiro como profissão, então agem deliberadamente e constantemente com o intuito de manter uma renda cobrando valores definidos, como por exemplo o caso do The Iceman, como Richard Kuklinski ficou conhecido após assassinar mais de 100 pessoas a mando de três famílias mafiosas dos Estados Unidos.

Já os ocasionais são os que agem pela ocasião, ou seja, são abordados por alguém aleatoriamente para matar em troca de um pagamento e simplesmente aceitam, agindo em troca de valores baixos. Isso pode ocorrer em situações envolvendo, por exemplo, uma esposa que quer matar seu marido pela herança e vai até um indivíduo que ela saber que usa drogas e comete roubos e oferece dinheiro para que ele mate seu marido.

Nos dois casos existe a figura do mandante, a promessa de pagamento e a banalização do ato de matar, tendo em vista que o assassino normalmente não conhece a vítima e o mandante e está agindo somente visando o ganho material.

Nesse caso, o profiler precisa analisar outros padrões de comportamento não ligados à motivação emocional relacionada com a vítima, como no caso de um marido que mata a esposa, pois descobre que ela o está traindo, ou um serial killer hedonista que sente prazer ao matar uma mulher jovem de cabelos longos e castanhos. Estas motivações estão ligadas ao mandante e não ao matador, que só procura o incentivo financeiro.

Esses padrões de comportamento estarão então relacionados com o modus operandi do crime e o profiler terá que analisar atentamente como os crimes foram cometidos. Isso sempre ocorre na elaboração do perfil criminal, mas nesse caso é o fator mais importante, podendo ser o único de análise, pois mesmo que o mandante seja encontrado, cada assassinato terá um mandante diferente dificultando a sua descoberta. Aqui o foco é naquele que cometeu o homicídio.

Alguns fatores principais são relevantes no momento da análise da cena do crime e de como o crime ocorreu e ajudarão na elaboração do perfil criminal. Para exemplificar temos:

  • Arma utilizada para cometer os crimes.
  • Local da lesão das vítimas.
  • Meio de transporte para chegar ao local e sair do local dos crimes.
  • Local dos crimes e se existe local do ato e local de desova.
  • Período do dia em que os crimes ocorreram.
  • Se os crimes foram cometidos com testemunhas.
  • Se tinha mais de uma pessoa auxiliando o assassino no momento dos crimes.
  • Características físicas das vítimas.

Essas são somente algumas características de análise que podem ser utilizadas para compreender melhor como os crimes ocorreram e se é possível encontrar padrões entre eles para identificar se foram cometidos pela mesma pessoa e quais seriam as suas características predominantes, como idade, sexo, se possui família, se possui trabalho regular, entre outros.

Além disso, essas informações podem ser úteis para aprimorar as pesquisas e os resultados dos perfis criminais para matadores de aluguel em geral se forem coletadas em grande escala a partir de vários casos já resolvidos, uma vez que o matador de aluguel é um criminoso de difícil percepção e pouco abordado por estudos e pelas autoridades, por aparentarem não ocorrer com muita frequência, algo que não é definitivo, já que não é amplamente estudado.

O trabalho do profiler pode ser mais difícil dependendo do tipo de criminoso, e, por isso, algumas peculiaridades serão observadas, mas isso não impede a possibilidade de criar um perfil criminal a partir de um tipo específico de crime, tendo em vista que um matador de aluguel que age com constância demonstrará em seus atos padrões comportamentais que podem ser analisados, coletados e até utilizados em casos posteriores.


REFERÊNCIAS

BARREIRA, C. Matadores de aluguel: códigos e mediações. Na rota de uma pesquisa. Revista de Ciências Sociais. UFC. v. 37, n. 1, p. 41-52, 2006. Disponível aqui

CAVALCANTE, Peregrina. Como se fabrica um pistoleiro. São Paulo: A Girafa Editora, 2003.

SIMAS, Tânia Konvalina. Profiling criminal: introdução à análise comportamental no contexto investigativo. Lisboa: Rei dos Livros, 2012.

Autor

Especialista em Criminal Profiling. Advogada.
Continue lendo
ArtigosNo plenário

Em caso de nulidade, quebre o vaso

ArtigosDireito Constitucional

Quem tem medo da presunção de inocência?

ArtigosProcesso Penal

Um dilema sobre a prescrição: impunidade ou garantia?

ArtigosDireito Constitucional

A presunção de inocência serve também ao inocente

Receba novidades em seu e-mail