Noticias

Militares aguardam investigações da PF e querem expulsar integrantes golpistas das Forças Armadas

Forças Armadas aguardam divulgação de investigações sobre complô golpista

Está em pleno curso uma atenção particular dos militares brasileiros em relação às investigações da Polícia Federal. Com um foco claro: aguardar a revelação do conteúdo destas investigações, que têm como alvo um suposto complô golpista recente. As expectativas são na direção de identificar e afastar os culpados dentre os membros da corporação.

De acordo com informações coletadas recentemente, há um consenso de que um posicionamento deve vir após a decisão da justiça. A decisão de afastar os integrantes envolvidos já estaria tomada, mas a ação concreta aguarda a definição de culpados.

militares
Imagem: Brasil de Fato

Leia mais:

Promotor que comparou advogada a ‘cadela’ é afastado do cargo

Juiz é afastado do cargo por participar de grupo no WhatsApp que fomentava golpe de estado

Reunião entre ex-comandantes militares e Bolsonaro

Um dos desdobramentos mais recentes e relevantes deste caso é notícia divulgada pela jornalista Bela Megale, do jornal O Globo. Ela informa que ex-comandantes militares teriam se reunido com o antigo presidente Jair Bolsonaro com o objetivo de analisar a minuta de um golpe. Essas informações foram repassadas pelo ministro José Mucio – que indicou que um novo encontro entre os três comandantes militares estaria agendado para hoje.

O que pensam os militares diante dessa situação?

Segundo o recolhimento de informações realizadas na última semana, parece florescer um “espírito de corpo” para proteger a instituição e não os indivíduos possivelmente envolvidos. Portanto, o direcionamento seria de afastamento dos culpados, em caso de confirmação judicial, para preservar a integridade das Forças Armadas.

Fonte: O Globo

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo