- Publicidade -

Morte de Cláudio Marsili estaria ligada à ação de grupo especializado em clonar carros de luxo

- Publicidade -

O cirurgião plástico Claudio Marsili, pai do psiquiatra que tem 1,5 milhão de seguidores no Instagram, foi morto a tiros próximo à clínica onde trabalhava no Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca (RJ). O Polícia Civil investiga a possível participação de quadrilha especializada em latrocínio. O psiquiatra Ítalo Marsili diz sobre pai assassinado:

- Publicidade -

Ninguém lá em casa com aquela sede de vingança, sabe?

O crime ocorreu pouco antes das 7h, na Avenida Fernando Mattos, no Jardim Oceânico. O local fica a 600 metros da sede da Delegacia de Homicídio na Barra da Tijuca. O médico foi baleado logo após estacionar uma picape modelo HILUX em frente à clínica, da qual era sócio e onde daria plantão.

De acordo com os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), a área onde ocorreu o latrocínio teve um aumento de 8,5% no número de roubos de veículo nos oito primeiros meses de 2021, na comparação com o mesmo período do ano passado. O salto foi de 59 para 64 casos entre janeiro e agosto. A média, desse modo, chegou a ser superior a dois casos por semana nas ruas do bairro.

No inquérito, a Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) passou a trabalhar com a hipótese de investigar uma quadrilha especializada em roubar em veículos de luxo estar por trás da morte do médico. O carro do médico, avaliado em cerca de R$ 250 mil, foi encontrado na comunidade do Morro do Turano, local no qual a PCRJ suspeita que seja a base do grupo.

- Publicidade -

A PCRJ, considerando os indícios nesse sentido, estabeleceu recompensa para quem encontrar Thiago Fernandes Virtuoso, o “Tio Comel” de 35 anos, foragido. Ele é suspeito de liderar grupo especializado em clonar carros de luxo, como o do médico. A Polícia afirma que seria o responsável por encomendar o roubo de carro que resultou na morte do médico.

- Publicidade -

O filho do cirurgião, o psiquiatra Ítalo Marsili, famoso por oferecer cursos na internet fez uma live pouco depois da morte do pai e disse:

Minha irmã, minha irmã (está) preocupada com as coisas que tinha que estar preocupada, ou seja, com a alma do meu pai. Ninguém lá em casa com aquela sede de vingança, sabe?

Leia também

Ex-presidente da Vale será julgado criminalmente por tragédia de Brumadinho (MG) pela Justiça Federal


- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais