Noticias

MP pede para que morte em show de Luísa Sonza seja investigada como possível homicídio culposo

Investigação apura caso de fã que morreu durante show da cantora Luísa Sonza

Em julho de 2022, uma mulher de 27 anos morreu após passar mal durante um show da cantora Luísa Sonza no Pepsi On Stage. De acordo com testemunhas, Alice de Moraes procurou a ambulância do local, mas houve negligência e demora no seu atendimento, o que ocasionou a sua morte.

O caso passou a ser investigado pela polícia, em setembro do mesmo ano cinco pessoas foram indiciadas por omissão de socorro. Porém, para o Ministério Público do Rio Grande do Sul, trata-se de crime de homicídio culposo.

Agora, a 30ª Promotoria de Justiça Criminal de Porto Alegre, que analisava o caso, solicitou a declinação de competência e pediu que a análise seja remetida à 9ª Vara Criminal de Porto Alegre, cujas promotorias são responsáveis por possíveis casos de homícidio culposo.

Leia mais:

Prime Video anuncia true crime sobre o Infame ‘Maníaco do Parque’

Ex-Flamengo, goleiro Bruno gera revolta ao fechar com mais um clube de futebol brasileiro

Polícia investiga morte em show de Luísa Sonza

O inquérito policial foi instaurado pelo delegado Alexandre Vieira, e segundo ele, depoimentos e imagens analisadas confirmaram a hipótese de omissão de socorro. “Não resta dúvidas de que a vítima, a qual estava em estado de total vulnerabilidade, deixou de ser socorrida da forma correta”, relatou a autoridade policial na conclusão do inquérito.

De acordo com MPRS, o caso ainda pode gerar denúncia referente a omissão de socorro, em paralelo à investigação por homicídio culposo.

Relembre o caso

Cerca de 30 minutos após o início do show da cantora Luísa Sonza, Alice informou a amiga, Camila Rodrigues, que iria ao banheiro. Em seguida, a jovem teria enviado uma mensagem pelo celular dizendo que tinha passado mal e estava na ambulância.

Eu fui correndo e encontrei ela lá, desacordada, sentada ao lado da ambulância em uma cadeira branca, deitada. Eu questionei a enfermeira como ela tinha chegado ali, e a enfermeira me relatou que ela própria, a enfermeira, tinha escrito a mensagem. (…) Eles me falaram que tinham encontrado ela desacordada no banheiro“, relatou Camila

Camila relatou ainda que a amiga ficou muito tempo sem receber atendimento e que ele aconteceu de forma negligente:

A gente foi muito maltratada nas três horas que a gente esteve ali, clamando socorro pela Alice. Eu comecei a questionar o que eles tinham feito, se eles tinham dado alguma medicação, se eles tinham dado água, e ela disse que eles não poderiam ajudar, não poderiam atender ela e me orientaram a chamar um Uber”

A irmã de Alice, que também estava no show, relatou ainda que os enfermeiros disseram que não poderiam ajudar e não poderiam fornecer nenhuma medicação porque Alice tinha passado por uma cirurgia bariátrica e que ela precisava ir para casa dormir, e que só tentaram ajudar a moça quando perceberam que ela estava sem sinais vitais.

“Ela já estava roxa, com a boca roxa, já não tinha nenhum tipo de resposta. Eles me tiraram de dentro da ambulância para começar as manobras de ressuscitação. Depois, sei lá, de uma meia hora, chegaram duas ambulâncias: uma da mesma empresa e outra do Samu. Já tinha chegado polícia, enfim, mas ela já tinha ido a óbito”

Após saber da morte da fã, Luísa Sonza se manifestou por meios das redes sociais e escreveu:

canalcienciascriminais.com.br mp pede para que morte em show de luisa sonza seja investigada como possivel homicidio culposo image
Tweet feito por Luísa Sonza

Fonte: G1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo