MP denuncia secretário de Saúde e enfermeiras por desvio de vacinas

Em Santa Rita do Novo Destino, cidade no norte de Goiás, o Ministério Público ofereceu denúncia contra o secretário de Saúde, Marcelo Gomes de Moraes, e outras duas enfermeiras por suposto desvio de vacinas contra a Covid-19.

- Publicidade -

Denúncia por desvio de vacinas

Conforme consta na peça acusatória, pessoas ligadas à administração pública municipal, como  irmão da primeira-dama e servidores da ativa e aposentados, por exemplo, foram vacinados.

Na ocasião, o Plano Nacional de Imunização (PNI) previa que deveriam ser vacinados idosos acamados e idosos acima de 90 anos, no entanto, quatro pessoas entre 39 e 71 anos tomaram a vacina e todas elas possuíam alguma ligação com a administração pública municipal.

Conforme afirmou o promotor responsável pelo caso, Tommaso Leonardi, as enfermeiras denunciadas, Isaura Vieira da Cunha e Ladyanne Araújo dos Santos Tosta, apontaram que haviam sobrado doses do imunizante e não queriam desperdiçá-las, motivo pelo qual as aplicaram em pessoas fora do grupo prioritário à época.

- Publicidade -

Ainda na denúncia, o promotor aponta que os denunciados incluíram informações falsas nos sistemas de Saúde, visando esconder a irregularidade. Em duas situações, por exemplo, as pessoas vacinadas irregularmente foram classificadas como profissionais da saúde, de modo a justificar a vacinação.

Importante destacar que o Delegado não indiciou as pessoas que receberam as vacinas; e o promotor entendeu que os vacinados receberam o imunizante a convite dos denunciados.

As enfermeiras e o secretário de Saúde foram denunciados  por peculato e inserção de dados falsos em sistema de informação. Também foram bloqueados R$ 50 mil em bens dos acusados.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

- Publicidade -

Saiba como aumentar a chance de revogar uma prisão


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais