Noticias

Mulher é presa após abandonar filha de 14 anos em motel; entenda o caso

As imagens das câmeras de segurança de um motel em Magé, na Baixada Fluminense, revelam uma cena perturbadora. Uma adolescente, que alegou ter sido abandonada por sua mãe, é vista correndo pelo estacionamento do estabelecimento. A jovem, que havia consumido bebida alcoólica, buscou ajuda na lavanderia, onde encontrou uma funcionária. A mãe da menina foi detida na última segunda-feira (8).

canalcienciascriminais.com.br mulher e presa apos abandonar filha de 14 anos em motel entenda o caso mulher e presa1
Reprodução

Jornada inapropriada com mulher e adolescente

Antes de chegarem ao motel, a mulher de 54 anos levou sua filha de 14 para um bar em Piabetá. Segundo as investigações, mãe e filha consumiram bebida alcoólica no local, onde a mãe encontrou um homem. Juntos, decidiram ir para um motel, acompanhados pela adolescente.

Leia Mais:

Livramento: igreja evangélica é alvejada por tiros durante confronto entre polícia e traficantes

Ousadia: cobrança de bandidos para ‘permitir’ obra no Rio chegou a R$ 1 milhão

As imagens da câmera de segurança do motel mostram os três chegando ao estabelecimento no início da madrugada de segunda-feira. Uma vez no quarto, uma discussão ocorreu entre a mulher, o homem e a adolescente. Devido à briga, a menor saiu correndo, sendo capturada por outra câmera enquanto percorria o estacionamento. Posteriormente, o homem e a mãe são vistos caminhando pelo mesmo local.

Refúgio na lavanderia

A jovem se escondeu em uma área de serviço do motel, semelhante a uma lavanderia, onde foi encontrada por funcionários. Sentada em um sofá, a adolescente aparentemente chorava. Preocupados, os trabalhadores chamaram a Polícia Militar, que acionou a 66ª DP (Piabetá).

Detenção da mãe

Os agentes não encontraram a mãe e o homem no motel, então iniciaram uma busca. A mãe foi encontrada dormindo em casa e foi detida, alegando que a filha estava indisposta devido ao consumo de álcool, e ela a levou ao motel para descansar e tomar um banho.

Questionada sobre a proximidade do motel com uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a mãe não respondeu. A delegada Débora Rodrigues enfatizou que o homem fugiu e está sendo identificado. As autoridades também buscam descobrir quem vendeu bebida alcoólica para a adolescente de 14 anos.

Investigações em andamento

A delegada destacou a necessidade de investigar possíveis relações sexuais da adolescente, que estava completamente alcoolizada. Exames foram solicitados para esclarecer os eventos e determinar se houve exploração sexual ou outros crimes. O desenrolar das investigações visa entender as circunstâncias que levaram a menor a estar em um motel naquela hora.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo