- Publicidade -

STJ: não é obrigatório o reconhecimento da atenuante da confissão

- Publicidade -

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que não é obrigatório o reconhecimento da atenuante da confissão, especialmente quando o convencimento do magistrado é formado por outros elementos.

- Publicidade -

A decisão (AgRg no HC 622.457/SC) teve como relator o ministro Sebastião Reis Júnior.

Reconhecimento da atenuante da confissão

PENAL E PROCESSUAL PENAL. AGRAVO REGIMENTAL EM HABEAS CORPUS.
ROUBO. DOSIMETRIA. AUSÊNCIA DE ILEGALIDADE. PEDIDO DE APLICAÇÃO DA CONFISSÃO ESPONTÂNEA. IMPOSSIBILIDADE. TESE ISOLADA NOS AUTOS, DE QUE TERIA O PACIENTE AGIDO SEM VIOLÊNCIA. TIPO PENAL DIVERSO. CONDENAÇÃO COM BASE EM DEPOIMENTOS DA VÍTIMA E DOS POLICIAIS.

1. Não há ilegalidade quanto ao não reconhecimento da confissão, uma vez que o convencimento do Magistrado foi feito com base nos depoimentos da vítima e dos policiais, e o paciente negou a violência empregada, ou seja, foi uma tese isolada.

- Publicidade -

2. Agravo regimental improvido.

- Publicidade -

(AgRg no HC 622.457/SC, Rel. Ministro SEBASTIÃO REIS JÚNIOR, SEXTA TURMA, julgado em 02/02/2021, DJe 10/02/2021)

Leia mais:

STJ: ter direito à posse de arma de fogo não possibilita portar fora da residência


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais