Noticias

Confira a confissão CHOCANTE do assassino de Natalee Holloway 18 anos após do crime

Revelações perturbadoras: a confissão do assassino de Natalee Holloway após 18 anos

Depois de 18 anos sem respostas, o desaparecimento da americana Natalee Holloway, que ocorreu no Caribe, finalmente ganha um desfecho. A confissão surpreendente veio através de uma carta escrita pelo autor do crime, o holandês Joran van der Sloot, que decidiu compartilhar detalhes aterrorizantes de como ele matou a jovem. O assunto, que se tornou um enigma desde o ocorrido, é abordado em diversas formas de mídia, incluindo filmes e documentários.

Antes dessa confissão, Joran já havia sido condenado pelo assassinato de outra jovem, mas negava a autoria do crime envolvendo Natalee. Na carta escrita para a família da vítima, ele confessou que matou a jovem após uma recusa dela em relação a uma proposta sexual. Segundo ele, a jovem foi espancada até a morte com um bloco de cimento em uma praia. De uma forma ainda mais horripilante, confessou que após cometer o crime, voltou para casa e assistiu à pornografia.

Natalee Holloway
Imagem: reprodução/ People

LEIA MAIS:

Lavagem de dinheiro: quadrilha usou igreja e loja maçônica para movimentar R$ 2,5 milhões

Brasileira de 28 anos é encontrada morta nos EUA e polícia já identificou o principal suspeito

A confissão de Joran van der Sloot sobre o caso de Natalee Holloway

O advogado da família Holloway foi o responsável por conduzir as investigações iniciais do caso, em que Joran foi acusado de extorquir a família da vítima em troca de informações sobre o paradeiro da jovem. A revelação feita pelos promotores do caso em Alabama, nos Estados Unidos, encerrou anos de mistério e desespero.

Apesar de já ser considerado suspeito pelo assassinato, a confissão direta e com detalhes chocantes de Joran tornou as acusações mais concretas e impossíveis de serem negadas. “No que me diz respeito, acabou. Joran van der Sloot não é mais o suspeito do assassinato da minha filha. Ele é o assassino”, afirmou Beth Holloway, mãe da vítima.

O caso Holloway na cultura pop

O caso de Natalee Holloway se popularizou em diversas mídias, sendo retratado em filmes e documentários como “O Mistério de Natalee Holloway” e “Justiça para Natalee Holloway”. O ator Stephen Amell, mais conhecido por sua atuação na série “Arrow”, interpretou Joran van der Sloot no cinema.

Com a confissão, Joran foi sentenciado a mais 20 anos de prisão, sentença essa que será cumprida simultaneamente com a pena de 28 anos que ele já cumpria pelo assassinato de outra jovem, Stephany Flores, no Peru.

É importante notar que, apesar do desfecho do caso, a dor e o trauma provocados por este crime brutal continuam a repercutir na vida da família de Natalee e de todas as pessoas que foram afetadas por essa tragédia.

Natalee Holloway
Imagem: reprodução/ NATALEE HOLLOWAY RESOURCE CENTER

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo