- Publicidade -

O que aprendi em 10 anos de advocacia criminal…

- Publicidade -

Por Anderson Figueira da Roza

- Publicidade -

Aprendi que além de ter saúde para viver, o maior bem que uma pessoa possui é a sua liberdade, e que você só terá a devida dimensão da sua importância se alguém que você ama ou até você mesmo a perder.

Aprendi que por mais que você ame essa profissão, seus familiares e amigos não enxergarão o mundo da mesma forma que você, e que diante disso é necessário construir relações com vínculos muito fortes de respeito e admiração com eles para que haja harmonia na sua vida.

Aprendi que o tempo apresenta três variações de mensuração: (a) para quem leva uma vida normal; (b) para quem responde um processo criminal solto; (c) para quem responde um processo criminal preso ou para quem cumpre pena.

Aprendi que você vai trabalhar muito, mas sua remuneração financeira poderia ter sido muito maior pelo sucesso da cada caso.

- Publicidade -

Aprendi que o agradecimento emocionado dos familiares e do acusado são indescritíveis numa absolvição, logo, é preciso que aprenda a lidar com suas emoções também para não ficar conhecido como um advogado criminalista chorão.

Aprendi que os colegas de profissão que se tornarem seus amigos serão pessoas muito especiais na sua vida e sempre que vocês se encontrarem, inevitavelmente, surgirá uma conversa sobre a advocacia criminal, essa troca de informações vai gerar novos conhecimentos e alegrias para vocês. Neste sentido, você não os enxergará como concorrentes, eles torcem pelo seu sucesso e você também torce pelo sucesso deles, poucas profissões possibilitam essas relações.

- Publicidade -

Aprendi que o lazer é algo para os outros e que sua participação nesses momentos vai sempre depender que tudo dê certo no sentido de que das encrencas que as pessoas se metem, não seja você o escolhido para ter que sair atrás das soluções para resolvê-las.

Aprendi que quando um amigo ou familiar te procurar com um problema criminal, você vai sentir-se muito mal com essa situação e vai querer uma vitória mais do que qualquer outra que já tenha conseguido.

Aprendi que acompanhar um flagrante durante uma madrugada te deixará mais ligado do que se você estivesse numa balada tomando energético, e que o dia seguinte é só um cansaço, porém, sem aquela ressaca.

- Publicidade -

Aprendi que não devemos deixe de comemorar a vitória de um dia, é muito importante para você relaxar, pois o próximo dia será diferente e não necessariamente será de vitória.

Aprendi que por mais que você tenha estudado, o caso concreto fará você revisar e estudar muitas disciplinas novamente, sempre.

Aprendi que depois de aprender as lições anteriores, você terá certeza que escolheu a profissão certa, e que nenhuma outra te fará tão feliz, essa será sua maior recompensa.

AndersonFigueira

 

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais