Noticias

Operação contra Golpe do Empréstimo prende cinco pessoas no RJ

A polícia civil do Rio de Janeiro prendeu na manhã desta segunda-feira (7) cinco pessoas suspeitas de participar de um esquema de manipulação de empréstimos. Os suspeitos responderão pelos crimes de estelionato e associação criminosa.

A operação Stop Loss foi deflagrada pela 76ª DP de Niterói e cumpriu sete mandados de prisão e cinco de busca e apreensão. Segundo as investigações, os suspeitos agiam de duas maneiras: a primeira consistia em convencer correntistas a contrair empréstimos bancários para um suposto investimento na empresa dos criminosos. A quadrilha prometia que a empresa deles quitaria o empréstimo e que, ao final, a vítima teria um lucro de 10% ao mês.

O segundo modus operandi dos criminosos consistia em comprar informações privilegiadas dos correntistas. Eles entravam em contato com as vítimas já sabendo detalhes de empréstimos já realizados e ofereciam uma “portabilidade vantajosa”, para mover a dívida a um outro banco, prometendo reduzir as parcelas e devolver às vítimas a diferença obtida nas mensalidades.

No entanto, para que a portabilidade fosse efetivada, eles pediam às vítimas que realizassem um novo empréstimo, justificando que o novo banco exigia uma “fidelidade”, mas que essas parcelas seriam pagas pela empresa da quadrilha.

De acordo com o delegado responsável pela operação, Luis Henrique Marques, as empresas em questão foram abertas exclusivamente para que eles pudessem aplicar os golpes e, segundo ele, já foram identificadas pelo menos 100 vítimas.

Leia também

Corte dos EUA restabelece pena de morte para autor de atentado


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo