- Publicidade -

Operação Intocáveis: braço direito de chefe de milícia no Rio de Janeiro é condenado

- Publicidade -

Dois réus acusados de integrar uma milícia que atuava no bairro de Rio das Pedras, na zona oeste do Rio de Janeiro, foram condenados. As penas somam mais de 30 anos de reclusão. A decisão foi do IV Tribunal do Júri da Comarca da Capital, e a presidência do Conselho de Sentença foi do juiz Gustavo Kalil.

- Publicidade -

A Operação Intocáveis foi deflagrada em janeiro de 2019, com o objetivo de desarticular a alta cúpula do grupo de milicianos que atuava no bairro de Rio das Pedras, razão pela qual recebeu o nome de “intocáveis”. A ação resultou na denúncia de 13 acusados de integrar à organização criminosa, sendo que um deles veio a falecer no curso do processo, sendo extinta, portanto, a punibilidade.

A sentença foi proferida em 8 de outubro deste ano. O Conselho de Sentença julgou Manoel de Brito Batista, o Cabelo, por corrupção ativa, além de integrar organização criminosa que matava moradores no bairro de rio das pedras. Ele foi acusado de subornar agente público para obter a regularização de empresa que era utilização pela organização para realizar ilícitos. Manoel era braço direito de Adriano da Nóbrega, o Capitão Adriano, ex-chefe da milícia que morreu em fevereiro de 2020.

Junto a Manoel, também foi condenado Fábio Campelo Lima pelos mesmos crimes. Manuel teve a cominada pena cominada em 17 anos de reclusão e 583 dias multa. Já Fábio, teve estabelecida a pena de 14 anos e 283 dias multa. Manuel, o Cabelo, teve pena maior decretada por ocupar integrar a chefia da organização, ocupando a posição de auxiliar de Adriano da Nóbrega.


- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Chefe da milícia no Rio de Janeiro é condenado a 30 anos de prisão


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais