• 14 de dezembro de 2019

Pai de menino que teve braço amputado após ser atacado por tigre é condenado pela Justiça

 Pai de menino que teve braço amputado após ser atacado por tigre é condenado pela Justiça

Pai de menino que teve braço amputado após ser atacado por tigre é condenado pela Justiça

O pai do menino Vrajamany Fernandes Rocha, que teve o braço amputado após ser atacado por um tigre no zoológico municipal de Cascavel (PR), foi condenado pelos crimes de lesão corporal e omissão a três anos de prisão. Marcos do Carmo Rocha cumprirá pena em regime aberto. A sentença foi prolatada pela juíza de Direito Fernanda Consoni, na última quinta-feira (28).

O caso aconteceu em julho de 2014, quando a criança, à época com 11 anos, passeava com o pai. Em síntese, imagens gravadas por outros visitantes demostram que o menino desobedeceu as placas e pulou a grade de proteção onde estava o tigre. Ele foi atacado em seguida. Para a magistrada Fernanda, o pai não agiu para impedir o ataque e estava ciente do risco que o filho estava sendo exposto.

Conforme a julgadora, a atitude do pai demonstra ausência de cuidado e proteção. Para ela, o pai incentivou o filho a ficar perto da grade para tirar fotos e para que ele mexesse com o animal. O pai cumprirá pena em regime aberto com prestação de serviços comunitários e restrição de circulação em horários determinados. A pena do caso foi agravada porque o menino perdeu o braço no ataque.


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Então, siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.