Noticias

Investigação chocante: Pais encontram sangue e sêmen na roupa do filho e denunciam suposto estupro em creche de SP

Na última sexta-feira (23), os pais de uma criança de 4 anos encontraram sêmen e sangue nas roupas que o menino usou em seu segundo dia de creche. Prontamente os pais acionaram a polícia e denunciaram um possível caso de estupro.

A criança frequentava a creche Ermelino Matarazzo, na Zona Leste de São Paulo, e o principal suspeito é o zelador da instituição. Segundo a polícia, acredita-se que ele esperou o horário da criança dormir para cometer o crime.

Leia mais:

A trágica saga de Maria Carolina: a princesa brasileira que enfrentou os horrores dos nazistas

Libertado após 3 anos: Justiça reconhece prisão injusta e expõe falhas no sistema penal

Pais da criança e diretora da creche vão até a delegacia para denunciar o caso

Após encontrarem sêmen, sangue e se depararem com marcas no corpo do menino de 4 anos, os pais se dirigiram até a creche, foi quando a diretora do local informou que no turno em que o menino frequentava a instituição só tinham três funcionários.

Os pais e a diretora se dirigiram até a delegacia, e ao ser ouvida informalmente, o vítima reconheceu o zelador. A diretora forneceu as imagens de segurança para análise das autoridades e o menino foi encaminhado para o Hospital Pérola Byington, onde passou por exame de corpo de delito e recebeu cuidados médicos. 

pais
Fachada da creche Ermelino Matarazzo

Fonte: Revista Forum

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo