Noticias

O que se sabe sobre o paradeiro da advogada Alessandra Dellatorre, que saiu para caminhar e não voltou mais

A advogada Alessandra Dellatorre, de 29 anos, desapareceu na região de São Leopoldo no dia 16 julho. Ela saiu para fazer uma caminhada e nunca mais voltou. Familiares e amigos de Alessandra se mobilizaram desde então para tentar obter informações, mas até hoje, o caso segue sem solução.

Enquanto isso, a polícia faz o trabalho investigativo por meio da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) do município do Vale do Sinos, mas as autoridades adotaram a estratégia de não revelar detalhes da investigação.

advogada
Pais de Alessandra Dellatorre buscam por informação sobre paradeiro da filha. Imagem: Jornal VS

Advogada desaparece durante uma caminhada

Os últimos registros de Alessandra foram feitos por uma câmara de segurança que registraram o momento em que ela estava fazendo caminhada.

Na semana do desaparecimento, a polícia civil e o corpo de bombeiros compuseram uma equipe de 38 pessoas, e realizaram as primeiras buscas com cães farejadores e helicópteros, mas não obtiveram nenhuma resposta.

Familiares e amigos de Alessandra também se mobilizaram e caminharam por horas nas regiões próximas aos locais por onde a advogada passou no dia do desaparecimento, mas também não encontraram nenhuma pista.

A família, então, contratou um detetive particular que explicou estar tentando entender o momento psicológico em que a advogada estava ao tempo do desaparecimento:

“Queremos entender o estado mental dela naquele momento, que era de grande estresse por conta de repetidas tentativas em concursos públicos, em um momento de incertezas. A busca por câmeras na região foi só o início, tentamos encontrar um indício de que ela tenha entrado em um veículo, por exemplo, por vontade própria ou coação”

Também foi criado um perfil no Instagram (@procurandoale), que conta com 2,7 mil seguidores e oferece recompensa para quem encontrá-la.

Além disso, a família também instalou um outdoor em uma das esquinas mais movimentadas do centro de São Leopoldo com uma foto da advogada e os telefones de contato de parentes.

Fonte: GZH

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo