Noticias

PCC: relembre as mortes brutais de Gegê do Mangue e Paca

A morte de Gegê do Mangue e o rastro de violência deixado na maior facção criminosa do Brasil

Ao lado do líder máximo do PCC, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, Gegê do Mangue é apontado por autoridades como um dos principais responsáveis por transformar a facção no maior grupo de traficantes da América do Sul. Ele estava foragido desde abril de 2017 e comandava as principais ações de tráfico de drogas para a Europa.

Sua rotina incluía estadias no Paraguai (grande produtor de maconha), Bolívia (maior produtor de folha de coca, base para a produção de cocaína) e Ceará, onde “planejava ampliar seus negócios ilícitos”, de acordo com o Gaeco cearense. Ele e Paca moravam em uma mansão em Aquiraz (CE) no valor de R$ 2 milhões.

líderes do PCC
PCC: relembre as mortes brutais de Gegê do Mangue e Paca 4

LEIA MAIS:

Presidente de time colombiano é assassinado de forma brutal após derrota do time

8 de janeiro: Moraes vota pela condenação de mais 5 réus com pena de até 17 anos de prisão

Motivação mortal

Gegê e Paca foram mortos a mando da cúpula do PCC porque suspeita-se que eles estariam roubando a própria facção, em remessas de cocaína que sairiam do porto de Santos (SP) para outros continentes.

Crime encomendado pelo PCC

A ordem da cúpula do PCC para matar Gegê do Mangue e Paca chegou ao criminoso Gilberto Aparecido dos Santos, o Fuminho. Considerado um dos principais traficantes brasileiros, ele é associado ao PCC e negocia diretamente com máfias italianas a exportação de cocaína para a facção.

A caminho do destino final

A morte de Gegê do Mangue começa a se desenhar no começo de fevereiro de 2018. Cabelo Duro manda o piloto Felipe Ramos Morais, que admitiu na Justiça ter feito carregamento de drogas para a facção, viajar de São Paulo para o Ceará em voo comercial.

canalcienciascriminais.com.br traicao e violencia a brutal morte de gege do mangue e a guerra no pcc gege do mangue e paca
Imagem: Gazeta do Povo.

Plano em ação

No dia 14 de fevereiro, véspera das mortes, Felipe foi ao hangar da Chopper Solution para encontrar Cabelo Duro, que estava acompanhado de dois comparsas cearenses. O piloto afirmou ter realizado um voo de poucos minutos com o trio.

Execução brutal

Felipe decolou com os demais passageiros e recebia instruções dos cearenses Tiago e Carlenilto para seguir rumo ao sudeste, pelo litoral, até pousar na reserva indígena de Aquiraz, em uma clareira deserta, encravada entre dunas e matagais.

Repercussão e justiça pendente

De acordo com relato de Felipe, Cabelo Duro afirmou que as vítimas “não levantavam a bunda de suas cadeiras em suas mansões para irem nas favelas a fim de resolver os problemas da facção” e que Gegê do Mangue e Paca mataram muitos pais de famílias nas guerras que promoveram. Com o começo dos depoimentos no processo das mortes de Gegê do Mangue e Paca marcado para setembro, ainda não há previsão para que seja realizado o júri popular sobre o caso.

Marcola
Imagem: Jovem Pan

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo