- Publicidade -

PCERJ prende youtuber de games por suspeita de estupro de vulnerável

- Publicidade -

O influenciador digital e youtuber de games Raulino de Oliveira Maciel – mais conhecido como “RaulZito” – foi preso hoje, terça-feira (27), em Florianópolis (SC), pela Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ), por suspeita de estupro de vulnerável.

- Publicidade -

Os casos estão sendo investigados pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) e, teriam ocorrido em Niterói (RJ) e em São Caetano do Sul (SP).

De acordo com a polícia, o suspeito entrava em contato com as crianças por meio de um perfil em uma rede social. Ele, então, prometia acesso a trabalhos e alegava ser contratado de uma emissora de TV.

Há suspeita de que vários menores de idade tenham sido vítimas do influenciador e, ao menos duas prestaram depoimento à PCERJ.

A DCAV divulgou uma nota na qual afirma que os alvos do influencer seriam, em sua maioria, atores mirins entre 10 e 14 anos, com diversos trabalhos no currículo. A delegacia afirmou na nota que:

- Publicidade -

Após fatos noticiados por mãe de uma das vítimas que dirigiu-se à DCAV após ouvir relato de seu próprio filho dos abusos que sofrera desde o mês de fevereiro até meados de maio, outra vítima, também menor de doze anos, confirmou na sede da DCAV que também sofreu abusos e foram tantas as vezes que ambas não sabem ordenar cronologicamente de que maneira ocorreram.

Com os relatos das vítimas, o delegado Adriano França pediu a prisão preventiva e uma busca no domicílio do suspeito.

- Publicidade -

Entretanto, o investigado não estava em sua residência quando a polícia foi cumprir o mandado, mas sim, em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo. Somente após 14 horas de viagem, é que os policiais efetuaram a prisão do youtuber, encontrado em Santa Catarina.

O delegado afirmou, também, que ao longo do inquérito policial acredita que identificará outras possíveis vítimas.

Leia também

- Publicidade -

STJ: suspeito do maior assalto a banco de SC tem liminar em HC negada


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciário

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais