• 8 de agosto de 2020

Petrix Barbosa, do BBB20, poderá ser indiciado por importunação sexual

 Petrix Barbosa, do BBB20, poderá ser indiciado por importunação sexual

Petrix Barbosa, do BBB20, poderá ser indiciado por importunação sexual

Petrix Barbosa, recentemente eliminado do Big Brother Brasil 20 (BB20), prestou depoimento na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio. Ainda quando estava no reality show, o ginasta foi intimado pela Polícia Civil para prestar esclarecimentos sobre possível crime de importunação sexual contra colegas de confinamento.

Petrix estava bastante nervoso durante o depoimento, relatou a delegada Gisele do Espírito Santo à imprensa. Conforme ela, o caso ainda não está em fase de inquérito, já que necessário ouvir também Bianca Andrade (Boca Rosa) e Flayslane. Nas palavras da delegada, Petrix poderá ser enquadrado no crime de importunação sexual, que prevê pena de um a cinco anos de reclusão:

Importunação sexual é quando o autor pratica, sem violência ou grave ameaça, gestos como apalpar seios, nádegas, ou esfrega o corpo na vítima. Se houvesse violência ou grave ameaça, seria estupro.

O crime de importunação sexual, incluído pela Lei nº 13.718/2018, tem a seguinte redação:

Art. 215-A. Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro:

Pena – reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos, se o ato não constitui crime mais grave.

A delegada não confirmou se as potenciais vítimas Bianca Andrade (Boca Rosa) e Flayslane serão retiradas do BBB20 para prestar depoimento ou se somente serão ouvidas após suas participações no programa.


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.