- Publicidade -

PF investiga Ciro Gomes por criticar Jair Bolsonaro em entrevista

A Polícia Federal iniciou investigação para apurar supostos crimes contra a honra cometidos contra o presidente Jair Bolsonaro, tendo como alvo o vice-presidente nacional do PDT, Ciro Gomes. O pedido de abertura de inquérito saiu do ministro da Justiça, André Mendonça, por meio da Secretaria-Geral da Presidência da República.

- Publicidade -

Ciro Gomes investigado

Conforme se depreende da notícia, André Mendonça cita no documento a entrevista concedida por Ciro à Rádio Tupinambá, de Sobral (CE), momento em que o investigado definiu Bolsonaro como “boçal, ladrão e incapaz de administrar a economia do país”. Na mesma linha de pensamento, ele ainda citou o caso das rachadinhas envolvendo os filhos de Jair, bem como a omissão de Sérgio Moro, ex-ministro da Justiça.

Disse Ciro Gomes:

Qual foi o serviço do Moro no combate à corrupção? Passar pano e acobertar a ladroeira do Bolsonaro. Por exemplo, o Coaf, que descobriu a esculhambação dos filhos e da mulher do Bolsonaro, que recebeu R$ 89 mil desse [Fabrício] Queiroz, que foi preso e é ladrão, ladrão pra valer, ligado às milícias do Rio de Janeiro. E onde estava o senhor Sergio Moro? Acobertando.

- Publicidade -

Esse não é o primeiro caso de investigações iniciadas por críticas ao Presidente da República. Mendonça já pediu a investigação de um sociólogo que instalou outdoors dizendo que Bolsonaro vale menos que um pequi ´[fruta típica do cerrado] roído; além do caso envolvendo o youtuber e influencer Felipe Neto, por ter chamado Bolsonaro de genocida, pelo modo como conduziu e conduz a pandemia no país.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

Entenda como identificar uma prisão ilegal e como agir diante disso


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais