Noticias

Polícia Federal prende em SP homem acusado de ciberbullying e indução ao suicídio

Homem suspeito de praticar ciberbullying é preso em São Paulo

Na noite de quarta-feira (28/2), um homem foragido foi capturado em Taubaté, interior de São Paulo, pela Polícia Federal. O suspeito é acusado de realizar crimes graves pela internet como a prática de cyberbullying, indução ao suicídio e automutilação. O mandado de prisão preventiva foi emitido pela 5ª Vara Criminal da Comarca de Vitória, Espírito Santo.

cyberbullying

Leia mais:

Anvisa sob investigação: Senadores cobram apuração de denúncias de assédio

Justiça manda estudante acusada de matar amiga voltar à faculdade: reviravolta no caso

Ciberbullying

No cerne das acusações contra o indivíduo, está a suspeita de sua participação em uma organização criminosa envolvida na gestão de um servidor de rede social. Este servidor, segundo as investigações, era usado para cometer crimes graves contra crianças, adolescentes e animais de maneira reiterada.

Automutilação e violência contra animais

As investigações da Polícia Federal apontam que os suspeitos forçaram uma adolescente a automutilar-se, gravando o nome do grupo criminoso em seu próprio corpo com uma lâmina. Além disso, o suspeito é acusado de maus-tratos e tortura contra animais.

No relatório da polícia, a investigação também revela que o grupo criminoso tinha planos de assassinar um morador de rua e transmitir o crime ao vivo nas redes sociais. O suspeito preso foi encaminhado para o sistema prisional do estado.

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo