- Publicidade -

Polícia aguarda exame para confirmar morte de psicóloga por asfixia

- Publicidade -

Nesta semana (21), completa-se um mês que o corpo da psicóloga de 37 anos, Marilda Matias Ferreira dos Santos, suspeita de morte por asfixia, foi encontrado com as mãos e pés atados na mala do próprio carro, que estava na garagem da casa em que vivia com o marido em Pouso Alegre, Minas Gerais. 

- Publicidade -

A investigação está a cargo da Delegacia Regional de Pouso Alegre. O delegado responsável pela investigação, Renato Gavião, disse que a polícia está à espera do resultado de um exame pericial de toxicologia. 

Segundo o delegado, os indícios apurados indicam que a causa da morte tenha sido asfixia. Contudo, a diligência foi solicitada a fim de esclarecer se alguma substância foi ingerida ou injetada antes da morte. 

De acordo com o delegado, não há sinais de que a psicóloga tenha resistido a ser amarrada:

Não podemos falar em crime de homicídio, não podemos falar em suicídio até a conclusão da investigação.

- Publicidade -

Em relação ao marido, médico veterinário de 62 anos, o delegado Gavião disse que

- Publicidade -

Por enquanto, não tem nada que o desabone. Tudo que ele relatou para a Polícia Civil condiz com o que foi apurado. Não podemos falar que ele é o autor de qualquer delito.

Em depoimento, o marido relatou às autoridades que passou o dia trabalhando em uma fazenda. Ele presta serviços no local, que fica a 40 quilômetros de Pouso Alegre. Ele disse que ao chegar em casa, não estranhou a ausência da esposa pois ela teria o avisado que iria sair para andar de bicicleta. Mais tarde, quando deu sua falta, ele foi até a delegacia.

Leia também

Defensoria Pública faz relatório sobre vítimas de tortura policial

- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais