• 27 de novembro de 2020

Polícia do RJ prende suspeito de operar esquema de pirâmide financeira

 Polícia do RJ prende suspeito de operar esquema de pirâmide financeira

Polícia do RJ prende suspeito de operar esquema de pirâmide financeira

Foi preso, nesta segunda-feira (9), o dono da JJ Invest, Jonas Jaimovick, apontado sendo como o responsável por operar o maior esquema de pirâmide financeira ativo no Brasil. Agentes da Delegacia de Defraudações do Rio prenderam Jonas nesta manhã, na Barra da Tijuca, Zona Oeste. O prejuízo de quem investiu no esquema é avaliado em milhões.

Segundo a Polícia do RJ:

Somente na sede da Delegacia de Defraudações, onde foram ouvidas cerca de 60 vítimas, calcula-se que o prejuízo dos investidores/vítimas de aproximadamente foi de R$ 30 milhões.

A JJ Invest ficou conhecida após patrocinar times de futebol. De acordo com as investigações do caso, ao menos 3 mil vítimas tiveram prejuízo, entre elas artistas e ex-jogadores. Algumas das vítimas chegaram a perder R$ 1 milhão. Na esfera cível, existem diversos processos judiciais ajuizados pedindo ressarcimento pelo prejuízo.

O dono da JJ Invest, Jonas Jaimovick, responde, somente no estado do Rio de Janeiro, a mais 30 inquéritos.

Leia mais: 

Candidatos em SP são réus em mais de 500 processos criminais, revela estudo


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Então, siga-nos no Facebook e no Instagram.

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.