Noticias

Polícia Federal prende líder da milícia no Rio de Janeiro

Operação prende chefe de milícia carioca

A Polícia Federal, juntamente com o Grupo de Atuação Especial (Gaeco) do Ministério Público estadual (MPRJ), prenderam, na última quarta-feira (30), uma das lideranças de uma milícia carioca que atuava na zona oeste do Estado.

A ação foi um desdobramento da operação Dinastia, e foi realizada pelos agentes da Delegacia de Repressão a Drogas e do Grupo de Investigações Sensíveis e Facções Criminosas da MP.

polícia
Imagem: Band

Leia mais:

Caso 123Milhas é pirâmide? STF determina que donos compareçam à CPI

Alerta Amber: a trágica história que deu origem ao sinal de emergência

Miliciano é levado para a Superintendência Regional da Polícia Federal

De acordo com a Polícia, a participação dele no grupo foi constatada após análise de materiais apreendidos e diligências realizadas no âmbito da Operação Dinastia. Após a investigação, as autoridades solicitaram a prisão temporária. O pedido foi atendido pela 1ª Vara Especializada em Organização Criminosa do Tribunal de Justiça do Rio e cumprido na Rodovia Presidente Dutra, altura do município de Paracambi, na região metropolitana da capital.

Após a prisão, o miliciano  foi levado para a Superintendência Regional da Polícia Federal e em seguida encaminhado ao sistema prisional do estado, onde permanecerá à disposição da Justiça. Ele responde pelos crimes de milícia privada e comércio ilegal de arma de fogo. As penas máximas somadas podem chegar a 20 anos de reclusão.

Fonte: O povo

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo