• 27 de novembro de 2020

Policial Militar é condenado pelo Tribunal do Júri a 52 anos de prisão

 Policial Militar é condenado pelo Tribunal do Júri a 52 anos de prisão

Policial Militar é condenado pelo Tribunal do Júri a 52 anos de prisão

O PM Thiago Rezende Viana Barbosa foi condenado a 52 anos e 06 meses de reclusão pelo Conselho de Sentença do 2º Tribunal do Júri da Capital pelo envolvimento no assassinato de cinco jovens, ocorrido em Costa Barros, Zona Norte do Rio, em novembro de 2015.

Além da condenação criminal, o PM também foi condenado à perda do cargo público. O júri foi presidido pelo juiz Daniel Cotta.

De acordo com a denúncia, Thiago é o policial que aparece em uma gravação tampando a câmera de segurança de uma oficina mecânica que filmava os movimentos dos PMs momentos antes do crime.

Leia também:

STJ: considera-se lícita a revista pessoal executada por guardas municipais


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Então, siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

Pedro Ganem (Redação)