• 29 de setembro de 2020

“A primeira vez com um negão não dói”, diz promotor à defensora pública na Bahia

 “A primeira vez com um negão não dói”, diz promotor à defensora pública na Bahia

“A primeira vez com um negão não dói”, diz promotor à defensora pública na Bahia

Durante sessão do Tribunal do Júri realizada nesta semana, o promotor Ariomar José Figueiredo da Silva, ao saudar a defensora pública Fernanda Nunes Morais, a quem não conhecia, disse para ela ficar calma porque “a primeira vez com um negão não dói”. O caso ocorreu na Bahia, no Fórum de Santana, localizado a 109 quilômetros da capital Salvador. 

Conforme a defensora, a ofensa foi registrada na ata da sessão e já foi enviada à corregedoria para que as providências sejam tomadas. Fernanda afirmou que Ariomar é um promotor respeitado na Bahia inteira, mas fez um comentário “infeliz e desrespeitoso”. A defensora pública lembrou ainda como essa cena é bastante comum dentro do sistema de justiça. Nas palavras de Fernanda,

Ele se retratou em audiência, mas continuou tendo uma postura machista durante toda a sessão. A minha postura diante disso é de levantar a minha voz, e de tornar pública essa situação, porque ela costuma ser recorrente. – Fernanda Nunes Morais (defensora pública do Estado da Bahia)

Em nota, a Defensoria Pública do Estado da Bahia manifestou apoio institucional e solidariedade à defensora. A instituição referiu ainda que “tal fala, redutora e sexualizadora da atuação pública e séria das partes, desrespeita a mulher e defensora Fernanda e reflete de forma clara a forte cultura machista que mancha nossa sociedade e insiste em tentar reduzir sistematicamente as mulheres a meros objetos sexuais”.

Leia a nota na íntegra:

a primeira vez com negão não dói 01

 


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Então, siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.