Noticias

Confira detalhes sórdidos e criminosos da fuga e prisão do ex-senador Telmário Mota em Goiás

Prisão do ex-senador em Goiás 

Telmário Mota, que estava foragido, foi preso na cidade de Nerópolis, na Região Metropolitana de Brasília, sob a suspeita de ter orquestrado o assassinato da mãe de sua filha. 

Telmário utilizou uma combinação de voos comerciais e ônibus para chegar a Brasília e, posteriormente, a Goiás, onde a prisão foi efetuada.

Leia Mais:

PF prende miliciano que seria alvo de traficantes que executaram médicos no Rio de Janeiro

STF bate o martelo e liberta homem que ameaçou Lula de morte e falou em “estourar bombas no DF”

O momento em que Telmário foi localizado

Segundo o delegado André Fernandes, as autoridades já tinham identificado a localização da residência onde Telmário estava escondido e planejavam cumprir o mandado de prisão na manhã em questão. 

No entanto, o ex-senador chegou em casa no exato momento em que o coronel encarregado estava se preparando para comunicar a localização às equipes de vigilância.

Ausência de comunicação com a defesa 

Até a última atualização desta reportagem, não foi possível estabelecer contato com a defesa de Telmário Mota para obter comentários ou informações adicionais sobre o caso.

canalcienciascriminais.com.br confira detalhes sordidos e criminosos da fuga e prisao do ex senador telmario mota em goias telmario2
Imagem: Reprodução

Versão do ex-senador 

Telmário Mota alegou à polícia que havia chegado a Goiás na quinta-feira anterior e se escondido na casa de uma amiga. 

A prisão ocorreu na noite da segunda-feira seguinte, após a troca de informações entre a Polícia Militar e a Polícia Civil.

Ligação com o assassinato 

As investigações apontam Telmário como o principal suspeito de ter encomendado o assassinato de Antônia Araújo de Sousa, de 52 anos. Ela foi morta com um tiro na cabeça em 29 de setembro, em Boa Vista, Roraima. 

Antônia desempenhava um papel crucial como testemunha nas investigações que envolviam uma acusação de estupro contra o ex-senador, feita por sua filha em 2022. Tragicamente, a morte de Antônia ocorreu três dias antes de uma audiência marcada para abordar o caso perante a Justiça.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo