• 1 de outubro de 2020

Além do Direito, o que o Advogado Criminalista deve estudar?

Além do Direito, o que o Advogado Criminalista deve estudar? O que o Advogado – Criminalista ou não – precisa estudar para se manter atualizado, ter uma atuação efetiva e, principalmente, conseguir ter clientes? O que trago neste texto é algo pouco falado nas faculdades. Infelizmente, é raro que um professor fale sobre esse assunto, […]Leia Mais

Jurado com medo: condenação na certa!

Fala moçada! Mais uma coluna no ar. Finalmente agosto passou e que venha setembro trazendo boas energias. Agosto realmente foi um mês de muito trabalho e também de vários plenários realizados por este rábula diplomado e, infelizmente, pude perceber e, pior, sentir na pele, o quanto o jurado, na condição de julgador, apavorado pela violência […]Leia Mais

A Defesa tem a palavra!

Esta é a hora, este é o momento, a partir deste anúncio, nada mais importa, todo o preparo técnico e artesanal do processo em questão será posto em evidência pelo tempo estipulado ao defensor. Dos tribunos mais experientes e consagrados por este país aos mais novatos, ninguém fica indiferente a esta frase. Só os defensores comprometidos […]Leia Mais

O Advogado não requer, reivindica

O artigo 133 da nossa Constituição Federal diz: “O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei”.  No livro O Advogado não pede, Advoga, de Paulo Saraiva, o autor em seu esclarecimento, que compartilho, diz: “o Advogado é necessário à administração da […]Leia Mais

Jogadores do bom combate (Parte I)

"Pensei em relatar algum dos primeiros episódios marcantes que participei, e aqui me refiro ao 'combate' corpo a corpo aos tão indesejáveis, mas por vezes indesviáveis acirramentos de ânimos que ocorrem em audiências..."Leia Mais

Por amor, ele matou (parte final)

"Eu pedi licença ao juiz-presidente da sessão e levei aquele homem, que estava preso, recluso por muito tempo, bem próximo aos jurados e pedi que o absolvessem. 'O' era um ser humano como qualquer um de nós, que estava brutalizado pelo cárcere..." Leia Mais

Em defesa da advocacia criminal

"Os desavisados e ignorantes têm em mente que o advogado criminalista 'defende bandidos', solta os criminosos que a polícia se esforça para prender, o que não é verdade. O advogado criminalista defende os direitos de toda pessoa humana..."Leia Mais