• 14 de julho de 2020

Não há dia fácil na Advocacia Criminal

Não há dia fácil na Advocacia Criminal “O único dia fácil foi ontem” é uma frase comum no meio dos SEAL – um pelotão de elite da Marinha estadunidense – capaz de atuar em solo, ar e mar – composto por oficiais conhecidos por estarem sempre preparados para executar as missões mais complexas e que […]Leia Mais

O desabafo de um jovem advogado

O desabafo de um jovem advogado Não é incomum a publicação em órgãos da mídia acerca da quantidade de pessoas com registro na Ordem dos Advogados do Brasil, tratando da concorrência de mercado da classe e questionando a atualização do(a) profissional (advocacia 3.0, 4.0 e afins), de modo que gera dúvidas em alguns profissionais e […]Leia Mais

A jovem advocacia e o sucesso na pandemia

A jovem advocacia e o sucesso na pandemia Aí você se forma, pega sua vermelhinha e está pronto para abrir um escritório, ou ao menos estaria se não estivéssemos num cenário de caos politico e a pandemia de COVID-19. Início de carreira, por si só, não é tarefa fácil. Para os advogados a situação é […]Leia Mais

Curso online Como atuar em Delegacias e Presídios

[LANÇAMENTO] Curso online Como atuar em Delegacias e Presídios Conheça o curso Como atuar em Delegacias e Presídios, inteiramente voltado para atuação dos advogados em delegacias e presídios, independentemente do tempo de atuação na área. O curso online aborda, de forma didática, temas como prospecção, atendimento, fechamento de contratos de honorários, precificação, atendimento a clientes em […]Leia Mais

Abuso de autoridade do juiz e promotor no júri

Abuso de autoridade do juiz e promotor no júri Por Renan Nogueira Farah e Ronaldo João Roth É comum o advogado orientar seu cliente a permanecer em silêncio durante o seu interrogatório no Tribunal do Júri. A melhor técnica diz para o cliente responder tão somente as suas perguntas (do advogado) e as dos jurados, […]Leia Mais

Advogados criminalistas defendem bandidos?

Advogados criminalistas defendem bandidos? Defende bandido! Essa é a frase pronta que a maioria responde ao ser questionado sobre qual o papel do advogado criminalista. O advogado criminalista jamais deve ser julgado ou recriminado pela sociedade! ABSURDO! Movidos pelo preconceito, alguns veem o advogado criminalista como um cúmplice do réu, quando, na verdade, ele é […]Leia Mais

Direito é a arte do bom e do justo 

Direito é a arte do bom e do justo  Por Marcos Paulo Silva dos Santos e Nathália Poeta Não raro, a acusação chama os jurados para que sejam justos com o anseio social pela condenação. Vislumbra que o jurado mate a sede da sociedade por justiça, clamando para que o juízo punitivo seja exercido sem […]Leia Mais

Alô, Doutor. Matei um cara!

Alô, Doutor. Matei um cara! Compartilho do pensamento de muitos colegas, no sentido de que, a defesa de uma pessoa no Tribunal do Júri começa no momento em que o advogado assume o caso, no momento em que recebe a procuração assinada. Seja na fase policial, na instrução criminal, ou a depender da urgência, antes […]Leia Mais

Resposta à acusação genérica e o contraditório efetivo no processo penal

Resposta à acusação genérica e o contraditório efetivo no processo penal O contraditório no processo penal representa a oportunidade conferida à parte contrária apresentar sua versão a respeito dos fatos, provas e alegações carreadas aos autos. A ausência do contraditório vicia completamente os atos processuais. Quanto à resposta à acusação, a persecução penal brasileira impõe […]Leia Mais