• 17 de janeiro de 2020

Killerismo feminino

Killerismo feminino Pode-se dizer que, através das evidências de crimes analisados até hoje, o número de mulheres serial killers é predominantemente menor do que o dos homens, pois, muitas vezes, o killerismo feminino leva a questões psicossociais predisponentes enfrentados ainda na infância, como o abuso sexual, os maus-tratos e a rejeição, influenciando preeminentemente na fase […]Leia Mais

Aileen Wuornos, a dama da morte

"Antes de inaugurar sua senda de assassinatos, envolveu-se em crimes de roubo, falsificação, embriaguez ao volante e porte ilegal de arma de fogo. Aos 18 anos, já utilizava nomes falsos para despistar seus antecedentes policiais..."Leia Mais