• 2 de abril de 2020

O penalista ainda não resiste à atribuição de uma boa função ao Direito Penal?

O penalista ainda não resiste à atribuição de uma boa função ao Direito Penal? Por Guilherme Moreira Pires e Fernando Henrique Cardoso Neves  Quando vejo, pois, populações inteiras só interromperem os seus gemidos para pedir novas leis, parecem-me condenados. A tortura que suplicam ao carrasco para que se mostre brando e compadecido, para que lhe […]Leia Mais

A crise do sistema penal, conforme Zaffaroni

A crise do sistema penal, conforme Zaffaroni Neste momento de grande polarização política, qualquer crítica ao sistema penal é vista como “marxista”, ainda que não tenha qualquer relação direta com a obra filosófica de Marx. Eugenio Raul Zaffaroni já alertava para esse risco em sua obra “Em busca das penas perdidas”: Um dos caminhos mais […]Leia Mais

Lançamento: Criminologia Crítica e Sistema Punitivo

Lançamento: Criminologia Crítica e Sistema Punitivo Conheça CRIMINOLOGIA CRÍTICA E SISTEMA PUNITIVO, o novo lançamento da Editora Canal Ciências Criminais. Escrito por Isabelle Lucena Lavor, o livro busca averiguar, por intermédio do uso interdisciplinar das ciências criminais e da sociologia, os possíveis fatores sociais de criminalidade de duas formas distintas: análise a partir do depoimento […]Leia Mais

Lei de Execução Penal e o exame criminológico

Lei de Execução Penal e o exame criminológico A Lei de Execução Penal dispõe da seguinte maneira em seu art. 5º: Art. 5º Os condenados serão classificados, segundo os seus antecedentes e personalidade, para orientar a individualização da execução penal. Esta classificação é feita pela Comissão Técnica de Classificação, de acordo com o art. 6º da LEP : Art. […]Leia Mais

Por uma criminologia biocêntrica ou zoocêntrica

Por uma criminologia biocêntrica ou zoocêntrica No final do mês de agosto, entre os dias 26 e 30, ocorreu o XXV Seminário de Ciências Criminais do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM) em São Paulo. Paralelamente ao Seminário, foi realizado o Congresso de Pesquisa em Ciências Criminais, no qual houve a apresentação de pesquisas previamente […]Leia Mais

Experimento de aprisionamento de Stanford e a coletivização de sujeitos no processo penal

Experimento de aprisionamento de Stanford e a coletivização de sujeitos no processo penal Stanford, 1971, o pesquisador Phillip Zimbardo, psicólogo americano da Universidade de Stanford, decide realizar um experimento de uma prisão simulada por duas semanas a fim de avaliar o comportamento dos “guardas” e “detentos” ao longo da simulação. Baseando-se na teoria da desindividualização […]Leia Mais

Lançamento: Diálogos com a Criminologia Crítica

Lançamento: Diálogos com a Criminologia Crítica Conheça o mais novo lançamento da Editora Canal Ciências Criminais: DIÁLOGOS COM A CRIMINOLOGIA CRÍTICA. Organizado por Iverson Kech Ferreira, mestre em Direito e colunista do Canal Ciências Criminais, o livro é dividido em 10 capítulos, abordando temas como tráfico de drogas, estigmatização, encarceramento em massa, estado de exceção, […]Leia Mais

Diversidade e empatia

Diversidade e empatia Até outro dia ninguém falava em diversidade, embora, diga-se a bem da verdade, o “diverso” há séculos andasse por ai. Só que encoberto pelas sombras da discrição e do medo. O ódio vive solto. Com o mínimo de esforço, por certo, era possível vê-los, mas os ditos “humanos normais” se recusavam. Preferiam […]Leia Mais