• 26 de janeiro de 2020

Precisamos falar mais sobre cárcere e violência

"O cárcere, nos moldes como temos hoje, não reduz a violência, antes, ele a retroalimenta. As prisões, atualmente, são um dos maiores fatores criminógenos e é ingenuidade pensar que prendendo vamos reduzir a criminalidade. A utilização de mais prisões e mais cadeias, aqui, é como aumentar a dose de um remédio ineficaz..."Leia Mais

A primeira audiência de custódia a gente jamais esquece!

"Durante esses mais de dez anos de advocacia criminal, sempre me indagava o porquê da demora entre a prisão em flagrante e a audiência de instrução. Trabalhei em processos nos quais o juiz demorou cerca de um ano para olhar para o rosto do réu. Quantos clientes teriam sidos soltos se o magistrado ouvisse o acusado após a prisão..."Leia Mais