• 29 de janeiro de 2020

Quatro gigantes da alma: a Ira

Quatro gigantes da alma: a Ira Muito distante, na noite dos tempos, do negro ventre do medo, brotaram as rubras fauces da Ira. Esta rapidamente cresceu e se converteu no segundo gigante dos quatro que atenazam o homem e fazem de sua vida um perpétuo drama. (Emilio Mira Y López) Nisi orbe sine Irae (não […]Leia Mais

Mc Gui, o bullying e a lei: a Psicologia Forense explica?

Mc Gui, o bullying e a lei: a Psicologia Forense explica? Para a Psicologia Forense, o bullying é uma forma de violência psicológica do qual, de acordo com FANTE (2008), estão ligados a “comportamentos agressivos e antissociais” do autor que pratica. Obviamente, produz sofrimento psicológico na vitima que experimenta ser alvo desse tipo de humilhação.  […]Leia Mais

Por que algumas pessoas se tornam terroristas?

Por que algumas pessoas se tornam terroristas? O terrorismo pode ser definido de diversas formas. Em um sentido amplo, trata-se da execução teatral de um crime contra pessoas ou propriedades onde os ganhos do executor são simbólicos ou psicológicos. Também pode ser caracterizado pela “utilização sistemática do terror especialmente para fins de coerção”, de acordo […]Leia Mais

Maníaco do parque: análise psicopatológica e comportamental

Maníaco do parque: análise psicopatológica e comportamental Por Danielle Avila e Tiago Pedroso Todo crime é fotografia exata e em cores do comportamento do indivíduo.  Com essa brilhante explanação do médico psiquiatra Guido Palomba, damos início à análise do comportamento psicopatológico dos assassinos seriais, mais especificamente o estudo do perfil psicológico de Francisco de Assis […]Leia Mais

Como me tornei uma profiler

Como me tornei uma profiler Quando comecei a escrever aqui sobre Criminal Profiling, algumas pessoas começaram a me procurar nas redes sociais para saber o que fazer para se formar na área e trabalhar como profiler. A verdade é que quando decidi, simplesmente eu fui atrás pra descobrir tudo sobre a área e analisei minhas […]Leia Mais

Por Dentro da Mente do Criminoso: assassinos em série

Por Dentro da Mente do Criminoso: assassinos em série Por Dentro da Mente do Criminoso é uma série documental da Netflix que possui 4 episódios, analisando alguns tipos de crimes de acordo com a mente do criminoso. O primeiro episódio traz profilers para falar sobre os perfis criminais de assassinos em série e é desse […]Leia Mais

Experimento de aprisionamento de Stanford e a coletivização de sujeitos no processo penal

Experimento de aprisionamento de Stanford e a coletivização de sujeitos no processo penal Stanford, 1971, o pesquisador Phillip Zimbardo, psicólogo americano da Universidade de Stanford, decide realizar um experimento de uma prisão simulada por duas semanas a fim de avaliar o comportamento dos “guardas” e “detentos” ao longo da simulação. Baseando-se na teoria da desindividualização […]Leia Mais

Psicologia da corrupção: uma abordagem cognitiva

Psicologia da corrupção: uma abordagem cognitiva O termo “corrupção” compreende uma variedade de comportamentos que têm como princípio a apropriação indevida de uma autoridade pública para fins privados, causando prejuízos materiais e morais a uma sociedade por operar contra a lei [1]. Tal conduta causa impactos negativos em áreas como crescimento econômico, qualidade no fornecimento […]Leia Mais

Dizem que sou louco!?

Dizem que sou louco!? A loucura sempre foi, em todas as sociedades, uma questão de como ela se relaciona consigo mesma, de como se relaciona com o próximo, de como vê e é vista pelo mundo. Não podemos, mesmo com tanta tinta gasta, admitir que temos um conceito unívoco da loucura vagando pelo mundo das […]Leia Mais