- Publicidade -

TJGO concede HC para que João de Deus retorne à prisão domiciliar

- Publicidade -

Ontem, terça-feira (14), o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) concedeu o habeas corpus requerido pela defesa de João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, para que ele retorne à prisão domiciliar. Em agosto, o homem havia retornado à prisão a pedido do Ministério Público de Goiás (MPGO). A decisão do Tribunal foi unânime.

- Publicidade -

O TJGO acatou os argumentos dos advogados do João, e considerou o princípio  da dignidade da pessoa humana, especialmente em razão da idade avançada (oitenta anos) e das doenças crônicas dele, atestadas por Junta Médica do próprio tribunal.

Segundo a defesa do homem, o tribunal constatou a ausência do cometimento de novos crimes, bem como a falta de “contemporaneidade da prisão decretada com os fatos sob investigação.”

Para os advogados de João,  está sendo feito um “espetáculo público” com o caso do condenado.

Em resumo, as acusações de abuso sexual contra mulheres que procuravam João em busca de ajuda espiritual na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO) vieram à tona em dezembro de 2018.

- Publicidade -

- Publicidade -

A última denúncia do MPGO contra o homem, que o havia levado de volta à prisão, foi apresentada no mês passado e foi a 15ª contra o criminoso. Todas as acusações foram por crimes sexuais, tendo ele recebido três condenações até o momento,  por cinco estupros de vulneráveis, violação sexual mediante fraude, na modalidade tentada, violação sexual mediante fraude, e dois estupros de vulneráveis. 

Leia também

Suzane von Richthofen consegue liminar para cursar Farmácia

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

- Publicidade -

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais