- Publicidade -

Vereador é baleado, e polícia investiga motivação

- Publicidade -

O vereador Denis Lucas (Republicano), de 47 anos, foi assassinado com 2 tiros na cabeça em frente à sua casa nessa semana, em Itapevi. A Polícia Civil apura se a motivação do crime foi conflitos políticos. O assassino fugiu logo após o crime, sem ser identificado.

- Publicidade -

A possibilidade de latrocínio foi descartada segundo os policiais ouvidos, já que nenhum objeto foi furtado do local do crime.

O crime tem sua motivação investigada, uma vez que a vítima era atuante na Câmara Municipal da Cidade de Itapevi, cumprindo seu segundo mandato. Denis também era membro de duas comissões permanentes da Câmara Municipal: a de Finanças e Orçamento e a de Fiscalização e Controle sobre projetos de leis. Também era vice-presidente da Comissão Temporária de Segurança Publica e Cultura de Paz na Câmara.

O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Itapevi como “homicídio simples”. Segundo investigações, a vítima foi assassinada com tiros após estacionar o carro. Um familiar escutou os disparos e chamou ambulância, mas Denis já havia falecido no local.

Sem nenhuma testemunha ocular, visto que o assassino fugiu logo após o crime, os policiais responsáveis vasculharam as ruas e tentaram localizar o criminoso através de câmeras de segurança.

- Publicidade -

- Publicidade -

Peritos da Polícia Técnico-Cientifica tentaram colher impressões digitais no local a fim de tentar identificar o possível suspeito. Uma Bíblia também foi apreendida no local.

Denis Lucas era casado e deixa esposa e uma filha. Atuou por 5 anos no conselho tutelar de Itapevi, antes de ser eleito como vereador.

Leia também

STJ: cabe ao júri decidir se o ciúme pode qualificar o crime de homicídio


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais