NoticiasDireito Penal

Vídeo mostra momento em que motorista atropela jovens na saída de festa

Um motorista atropelou duas pessoas e fugiu sem prestar socorro, na madrugada de quarta-feira (2), em Jundiaí (SP). O caso aconteceu no bairro Vila Arens.

As vítimas são uma mulher e um homem, ambos de 23 anos. A mulher está internada no Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV). 

Vídeo mostra motorista atropelando jovens que estavam saindo de uma festa em Jundiaí

Um vídeo registrado pelas câmeras de segurança do local mostram o momento da tragédia. A polícia está à procura do motorista. Uma das vítimas e o pai da menina que está internada prestaram queixa no plantão policial.

Pelo que foi registrado no boletim de ocorrência, as vítimas estavam saindo de uma festa quando foram atropeladas por um motorista sem controle da direção do carro, que fugiu logo após o acidente.

No momento do acidente, outras pessoas estavam saindo da festa. Segundo o relato do BO, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e levou a vítima para o Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV). A Polícia Militar também foi chamada ao local, mas não compareceu.

O rapaz, que também foi atingido, afirma que não sofreu lesões mais graves pois conseguiu escapar do veículo, que veio em alta velocidade para cima dele e da outra jovem.

Um investigador da Polícia Civil diz que está à procura do motorista, que será indiciado por lesão corporal culposa e fuga de local de acidente.

“Art. 129. Ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem:

Lesão corporal culposa

§ 6° Se a lesão é culposa:

Pena – detenção, de dois meses a um ano.”

Ainda, segundo a Polícia, a investigação está bem adiantada.

A assessoria do HSV disse que não tem informações sobre o estado de saúde da vítima do atropelamento.

Confira o vídeo do momento:

Fonte: G1

Daniele Kopp

Daniele Kopp é formada em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) e Pós-graduada em Direito e Processo Penal pela mesma Universidade. Seu interesse e gosto pelo Direito Criminal vem desde o ingresso no curso de Direito. Por essa razão se especializou na área, através da Pós-Graduação e pesquisas na área das condenações pela Corte Interamericana de Direitos Humanos ao Sistema Carcerário Brasileiro, frente aos Direitos Humanos dos condenados. Atua como servidora na Defensoria Pública do RS.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo