NoticiasDireito Penal

Youtuber alega racismo após ser incluído em álbum de suspeitos pela polícia de SP

O youtuber e palestrante de política Thiago Torres, que é estudante de Ciências Sociais na Universidade de São Paulo (USP), teve sua foto incluída em uma lista de reconhecimento de suspeitos em um inquérito policial que investiga um caso de sequestro na cidade de São Paulo. Ele recebeu com espanto a informação.

Youtuber e palestrante político conhecido como Chavoso, tem foto incluída em álbum de suspeitos pela polícia de SP

A foto consta no inquérito ao menos desde outubro deste ano, mas Torres só ficou sabendo do caso porque, coincidentemente, um amigo advogado estava analisando o processo e reconheceu sua foto.

Em seguida, ele compartilhou o ocorrido em seu perfil no Instagram. “Era só o que me faltava mesmo“, lamentou ele em postagem.

Conhecido como Chavoso da USP, o youtuber faz sucesso nas redes por produzir conteúdos relacionados a questões sociais, raciais e de gênero. Thiago Torres disse que duas coisas podem explicar por que sua foto foi parar em um álbum de reconhecimento de suspeitos: o racismo estrutural e a militância política exercida por ele.

“Como essas instituições olham para a gente e tratam a gente como suspeito naturalmente. Isso é uma coisa que eu sempre passei nos enquadros da vida, quando a polícia me vê na rua e me para. Agora, isso se manifestou de uma outra forma.”

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) não se manifestou ainda sobre o caso.

Fonte: UOL

Daniele Kopp

Daniele Kopp é formada em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) e Pós-graduada em Direito e Processo Penal pela mesma Universidade. Seu interesse e gosto pelo Direito Criminal vem desde o ingresso no curso de Direito. Por essa razão se especializou na área, através da Pós-Graduação e pesquisas na área das condenações pela Corte Interamericana de Direitos Humanos ao Sistema Carcerário Brasileiro, frente aos Direitos Humanos dos condenados. Atua como servidora na Defensoria Pública do RS.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo