• 29 de setembro de 2020

Inscrições abertas: Comissão Especial de Estudos de Prerrogativas da Advocacia

 Inscrições abertas: Comissão Especial de Estudos de Prerrogativas da Advocacia

Inscrições abertas: Comissão Especial de Estudos de Prerrogativas da Advocacia

Estão abertas as inscrições para compor a Comissão Especial de Estudos de Prerrogativas da Advocacia!

Coordenada pelo advogado e pesquisador Guilherme Zorzi Rosa (membros honorários: Paulo Silas Taporosky Filho e Ygor Nasser Salah Salmen), a Comissão tem o objetivo de promover o estudo crítico relacionado às prerrogativas profissionais no exercício da advocacia.

Em síntese, o foco principal será as dificuldades da Advocacia Criminal, mas com abertura para estudos relacionados às mais variadas formas de violação às prerrogativas profissionais, bem como em formas de atuação em defesa das prerrogativas dos advogados.

Comissão Especial de Estudos de Prerrogativas da Advocacia

Os membros da Comissão Especial de Estudos de Prerrogativas da Advocacia produzirão artigos acadêmicos na área estudada, com a finalidade de, após o término dos estudos, integrar uma publicação sob o selo da Editora Canal Ciências Criminais.

Metodologia

A metodologia adotada consiste na revisão bibliográfica dos temas relacionados ao objeto da Comissão (que serão oportunamente revelados pelo coordenador), pesquisa de casos concretos relacionados às prerrogativas profissionais, sem contar a análise de eventuais casos hipotéticos, de forma a possibilitar a maior abrangência possível aos estudos relacionados ao tema objeto da comissão, possibilitando que a discussão e estudos sobre as prerrogativas profissionais seja fomentado.

Os estudos da Comissão Especial de Estudos de Prerrogativas da Advocacia pretende formar uma visão ampla e crítica às mais diversas formas de violação das prerrogativas profissionais, as formas de atuação imediata do advogado, bem como da atuação da OAB em defesa das prerrogativas profissionais no dia a dia.

Estudos

Todas as discussões serão realizados por meio virtual, incluindo a formação de um ou mais grupos de WhatsApp, de modo a ampliar a facilitar o contato e o diálogo entre os participantes e o coordenador.


Tem interesse em integrar a Comissão?

Envie seu nome completo, formação acadêmica (com menção de eventual experiência na pesquisa) e telefone (com WhatsApp) para o e-mail cepa@canalcienciascriminais.com.br. Considerando que as vagas são limitadas, o coordenador selecionará, dentre os e-mails recebidos, os membros para integrar a Comissão.

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.