- Publicidade -

TJCE nega, por maioria, habeas corpus impetrado pela defesa de DJ Ivis

- Publicidade -

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, teve seu novo pedido de habeas corpus negado nesta pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). A 1ª Câmara Criminal, por maioria (dois votos contra um), manteve a prisão do artista, preso preventivamente no dia 14 de julho, após ser visto agredindo a ex-mulher Pamella Holanda em vídeos divulgados em redes sociais.

- Publicidade -

Desde então o DJ está detido no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, no município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza.

No último dia 19 de julho, a Justiça do Ceará já havia negado um pedido de habeas corpus para o cantor.

O Ministério Público do Ceará (MPCE) apresentou a denúncia contra DJ Ivis acusando-o de violência física, psicológica, patrimonial e moral contra a ex-mulher Pamella Holanda, tipos de violência estes  constantes na Lei Maria da Penha.

A Justiça estadual (TJCE), então, aceitou a denúncia da 3ª Promotoria de Justiça de Eusébio contra o artista, tornando-o réu em 28 de julho, isto é, um dia depois.

- Publicidade -

O órgão ministerial informou que “atualmente, o processo aguarda a citação do réu para apresentação da defesa”.

- Publicidade -

No presídio, o artista está em uma situação especial de segurança para que seja garantida a sua integridade física, diante da grande repercussão do caso.

Leia também

STJ: averiguações não justificam decretação de prisão preventiva

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais